WahtsApp

Comissão Própria de Avaliação

O que é Comissão Própria de Avaliação – CPA?

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) foi instituída pela Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004, com o objetivo de conduzir os processos de avaliação internos das instituições de ensino superior, de sistematização e de prestação das informações solicitadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP.

De acordo com a Lei nº 10.861, a CPA deverá atuar com autonomia em relação a conselhos e demais órgãos colegiados existentes na instituição, garantindo a participação de todos os segmentos da comunidade acadêmica e de representante da sociedade civil organizada.

CPA na FMU

A CPA do Centro Universitário da Faculdades Metropolitanas Unidas – FMU busca, por meio da autoavaliação institucional, oferecer ferramentas para o planejamento pedagógico e administrativo da instituição, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da qualidade acadêmica.

Os instrumentos avaliativos são construídos de maneira que possam diagnosticar as potencialidades a fim de que essas sejam enaltecidas, bem como diagnosticar as fragilidades, para que sejam implementadas ações com o intuito de fortificar os pontos fracos apontados.

Membros

Coordenador da CPA
Suely de Medeiros Onofrio Gama

Representantes do Corpo Docente
Prof. Daniel Pereira Militão da Silva
Profa. Maria do Carmo Oliveira
Profa. Renata Ruoco Loureiro

Representantes do Corpo Discente
Gabriel Santana Coelho
Renata Torres Montanaro
Beatriz Gomes Pombal

Representantes do Corpo Técnico-administrativo
Aline Duarte De Souza
Mercia de Paula Nunes
Tatiana Cristiane Martins Chiaratti

Representantes da Sociedade Civil
João Victor Petinelli Faria
Rosana Junqueira Morales
Patricia Barbosa Da Silva

Relato Institucional

O Relato Institucional apresenta o desenvolvimento dos processos de gestão institucional a partir das avaliações externas e internas, evidenciando a interação entre os resultados do conjunto de avaliações e suas atividades acadêmico-administrativas.

Desse modo, propõe demonstrar as ações implementadas e as melhorias do Centro Universitário FMU.

Boletins

Conheça abaixo os relatórios e documentos publicados pela CPA. Para ler os conteúdos na íntegra, basta clicar no arquivo referente ao ano desejado.

Calendário de Reuniões Ordinárias

Avaliação Institucional

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) tem como objetivo a condução dos processos de avaliação internos do Centro Universitário FMU. Por meio de instrumentos de avaliação disponíveis na forma de questionários a todos os segmentos acadêmicos — discentes, docentes, coordenadores de cursos e funcionários técnico-administrativos — o público pode registrar suas percepções a respeito do processo de condução acadêmica em diferentes dimensões institucionais, entre os quais o desenvolvimento institucional, a política para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação e a extensão, a responsabilidade social, as políticas de pessoal e a infraestrutura física, principalmente àquelas relacionadas ao ensino e à pesquisa.

Todos podem e devem participar por meio do acesso aos questionários disponíveis eletronicamente. O aluno acessa o instrumento pelo link disponível no Aluno On-Line, os professores e coordenadores de cursos por meio da Extranet, e os funcionários técnico-administrativos a partir da Intranet. Os questionários dos alunos permitem avaliar os docentes do período vigente. Os professores avaliam o curso a que estão relacionados, e as questões de seu vínculo institucional, o mesmo ocorrendo com as coordenações e os funcionários.

Os instrumentos avaliativos devem ser respondidos a cada novo período acadêmico (semestralmente). A CPA envia e-mails, avisos na Extranet, na Intranet, no Aluno On-line e nos demais canais de comunicação, além de Boletins e notas identificando os períodos de disponibilização dos questionários da avaliação institucional.

Os resultados disponíveis por meio de relatórios estatísticos são fontes de informações trabalhadas pelos órgãos colegiados de docentes, representações discentes e gestores no encaminhamento das demandas que sinalizam providências e atenções especiais, seguindo seus procedimentos habituais de divulgação. A participação de cada um requer o entendimento correto da autoavaliação que está relacionada à capacidade de observar-se, comparar e relacionar seu desempenho com os objetivos propostos e, neste caso, atitudes como honestidade pessoal são fundamentais.

À Comunidade Acadêmica, solicitamos participação. Os órgãos colegiados precisam ouvi-los para assegurar a melhoria contínua de seus processos internos.

Profa. Suely de Medeiros Onofrio Gama
Coordenadora da CPA do FMU