CPA

Autoavaliação

Desde 2004, com o objetivo de conduzir os processos de avaliação internos das instituições de Ensino Superior, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) criou a Comissão Própria de Avaliação.

No Centro Universitário FMU, os instrumentos avaliativos são construídos de maneira que possam diagnosticar as potencialidades, para que essas sejam enaltecidas, bem como diagnosticar as fragilidades, para que sejam implementadas ações que visem fortificar ainda mais a excelência da FMU.
Novos formulários virtuais estão disponíveis e, por eles, a Instituição poderá identificar caminhos para o aprimoramento e a confirmação dos resultados.

A participação de todos é fundamental para que a FMU possa colher um retrato fiel da percepção acerca da realidade acadêmica local. Por isso, não deixe de participar e de responder aos formulários de avaliação.

– Aluno

– Professor


O que é Comissão Própria de Avaliação – CPA?

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) foi instituída pela Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004, com o objetivo de conduzir os processos de avaliação internos das instituições de ensino superior, de sistematização e de prestação das informações solicitadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP.

De acordo com a Lei nº 10.861, a CPA deverá atuar com autonomia em relação a conselhos e demais órgãos colegiados existentes na instituição, garantindo a participação de todos os segmentos da comunidade acadêmica e de representante da sociedade civil organizada.

A CPA na FMU

A CPA do Centro Universitário da Faculdades Metropolitanas Unidas busca, através da autoavaliação institucional, oferecer ferramentas para o planejamento pedagógico e administrativo da Instituição, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da qualidade acadêmica.

Os instrumentos avaliativos são construídos de maneira que possam diagnosticar as potencialidades, para que essas sejam enaltecidas, bem como diagnosticar as fragilidades, para que sejam implementadas ações que visem fortificar os pontos fracos apontados.

Membros da CPA

Coordenador da CPA
Profa. Ângela Tomiko Ninomia

Representantes do Corpo Docente
Prof. Daniel Pereira Militão da Silva
Profa. Maria do Carmo Oliveira
Profa. Regiane Miranda Ferreira Oler

Representantes Técnicos-administrativos
Claudia Maria da Silva
Joelma S. Silva
Rodrigo Pereira dos Santos

Representantes do Corpo Discente
Alex Vieira Nishikawa
Luciano Martins
Wellington Crispim Cardoso

Representantes da Sociedade Civil
Fabio N. Roldan
João Victor Petinelli Faria
Rita Curcio


Dimensões a serem avaliadas, de acordo com a Lei nº 10.861/2004

» A missão e o Plano de Desenvolvimento Institucional
» Ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão
» Responsabilidade social
» Comunicação com a sociedade
» Políticas de pessoal, de carreiras do corpo docente técnico-administrativo, seu aperfeiçoamento, desenvolvimento profissional e suas condições de trabalho
» Organização e gestão da IES
» Infraestrutura física
» Planejamento e avaliação
» Políticas de apoio aos estudantes
» Sustentabilidade financeira


SINAES

Criado pela Lei n° 10.861, de 14 de abril de 2004, o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES – é formado por três componentes principais:

» avaliação das instituições
» avaliação dos cursos e
» avaliação do desempenho dos estudantes.

 

Os principais aspectos a serem avaliados pelo SINAES são:

» o ensino
» a pesquisa
» a extensão
» a responsabilidade social
» o desempenho dos alunos
» a gestão da instituição
» o corpo docente
» as instalações.

 

O SINAES possui uma série de instrumentos complementares, que são:

» auto-avaliação
» Enade
» avaliação externa
» avaliação dos cursos de graduação
» instrumentos de informação (censo e cadastro).


ENADE

O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes – ENADE, que integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – o SINAES, tem como objetivo o acompanhamento do processo de aprendizagem e do desempenho acadêmico dos estudantes. O instrumento prioriza o aprendizado em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares nacionais do respectivo curso de graduação, suas habilidades para ajustamento às exigências decorrentes da evolução do conhecimento e suas competências para compreender temas exteriores ao âmbito específico de sua profissão, ligados à realidade brasileira e mundial e a outras áreas do conhecimento.

Assim, serão construídos referenciais que permitam a definição de ações voltadas à melhoria da qualidade dos cursos de graduação por parte de professores, técnicos, dirigentes e autoridades educacionais. A melhoria da qualidade é responsabilidade de todos os agentes e públicos da educação, bem como da sociedade. A participação do aluno é responsabilidade acadêmica consolidada na FMU, e converge à cultura institucional da avaliação.


Boletins

Conheça abaixo os relatórios e documentos publicados pela CPA. Para ler os conteúdos na íntegra, clique em cima de cada título.

Relatório anual

– Download do Relatório 2017

Avaliação Institucional

 

Calendário de Reuniões Ordinárias

– Calendário de Reuniões Ordinárias em 2018


Avaliação Institucional

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) tem como objetivo a condução dos processos de avaliação internos do Centro Universitário FMU. Através de instrumentos de avaliação disponíveis na forma de questionários a todos os segmentos acadêmicos, discentes, docentes, coordenadores de cursos e funcionários técnico-administrativos, os públicos podem registrar suas percepções a respeito do processo de condução acadêmica em diferentes dimensões institucionais, entre os quais, o desenvolvimento institucional, a política para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação e a extensão, a responsabilidade social, as políticas de pessoal, a infraestrutura física, principalmente àquelas relacionadas ao ensino e à pesquisa.Todos podem e devem participar por meio do acesso aos questionários disponíveis eletronicamente. O aluno acessa o instrumento pelo link disponível no Aluno On-Line, os professores e coordenadores de cursos por meio da Extranet, e os funcionários técnico-administrativos a partir da Intranet. Os questionários dos alunos permitem avaliar os docentes do período vigente. Os professores avaliam o curso a que estão relacionados, e as questões de seu vínculo institucional, o mesmo ocorrendo com as coordenações e os funcionários.

Os instrumentos avaliativos devem ser respondidos a cada novo período acadêmico (semestralmente). A CPA envia e-mails, avisos na Extranet, Intranet, Aluno Online e demais canais de comunicação, além de Boletins e notas identificando os períodos de disponibilização dos questionários da avaliação institucional.

Os resultados disponíveis por meio de relatórios estatísticos são fontes de informações trabalhadas pelos órgãos colegiados de docentes, representações discentes e gestores no encaminhamento das demandas que sinalizam providências e atenções especiais, seguindo seus procedimentos habituais de divulgação.A participação de cada um requer o entendimento correto da autoavaliação que está relacionada à capacidade de observa-se a si mesmo, comparar e relacionar seu desempenho com os objetivos propostos e, neste caso, atitudes como honestidade pessoal é fundamental.

À Comunidade Acadêmica solicitamos participação. Os órgãos colegiados precisam ouvi-los para assegurar a melhoria contínua de seus processos internos.

Profa. Angela Tomiko Ninomia

Coordenadora da CPA do FMU


Links

ENADE: http://portal.inep.gov.br/enade
SINAES: http://portal.inep.gov.br/sinaes
MEC:
 http://portal.mec.gov.br/

Página atualizada em 12/11/2018 às 9h32