23/01/2009

Peticov visita sede da FMU

Peticov visita sede da FMU

Na tarde de 22 de janeiro, Antonio Peticov esteve na sede do Complexo Educacional FMU para tratar do início de um projeto artístico e acadêmico em parceria com a Instituição. Acompanhado por Cíntia Oliveira, ele se reuniu com o Prof. Arthur Sperandéo, Vice-Reitor da Instituição, e Sandoval Nassa, Diretor de Marketing, e falou sobre o processo criativo e o ensino artístico no Brasil e no mundo. Para ele, que aos 12 anos iniciou seu trabalho como autodidata, "a arte é a transformação do ordinário no extraordinário".



Sobre Antonio Peticov

Nascido em Assis, São Paulo, em 1946, Peticov buscou informações em livros e revistas, e começou a pintar e fazer gravuras com apenas 12 anos. Em 1970 mudou-se para Londres, onde ampliou seus estudos e, no ano seguinte, para Milão. Em 1986 mudou-se novamente, para Nova York, e só voltou a morar no Brasil em 1999.

Ao longo de sua carreira aplicou seus conhecimentos em design, criando uniformes e embalagens, mas sempre com foco na arte. Peticov participou de diversas exposições, dentre elas: Salão Paulista de Arte Moderna, São Paulo, 1965, 66 e 67; Bienal Internacional de São Paulo, São Paulo, 1967, 69 e 89; Camden Arts Center, Londres, Inglaterra, 1971; Situazione Simbolo – Galeria San Fedele, Milão, Itália, 1973; National Arts Center, New York, Estados Unidos, 1979; Galerie 212, Paris, França, 1983; Labirinto – Galeria GB, Rio de Janeiro, 1984; Gallery SHO, Tóquio, Japão, 1988; Momento Antropofágico com Oswald de Andrade, instalação permanente na estação República do Metrô, São Paulo, 1990; Músicas – Museu do Cartaz, Curitiba e Galeria Banestado, Londrina, 1992; The Brazilian Art Exhibition, Hong Kong, Hong Kong, 1995; Búlgaros Criativos no Exterior – Galeria de Arte Moderna, Sófia, Bulgaria, 1996; Libros de Artistas – Instituto de A. Gráficas de Oaxaca, Oaxaca, México, 1998.


Página atualizada em 23/01/2009 às 7h55