27/03/2009

David Uip: uma vida de luta contra a AIDS

David Uip: uma vida de luta contra a AIDS

O desenvolvimento de políticas públicas e de programas antirretrovirais em Angola e no Brasil foi o tema da palestra do Dr. David Uip, professor e livre-docente na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), ministrada em 26 de março. Pioneiro na luta contra a doença, o médico contou aos alunos sobre sua participação ativa nesse cenário, desde o primeiro diagnóstico da doença no Brasil, ocorrido em 1982, até o recente desenvolvimento de pesquisas para novos tratamentos da aids no País.

“Os primeiros diagnósticos do vírus da imunodeficiência humana (HIV) foram feitos em homossexuais do sexo masculino, porém, hoje a aids é uma doença que atinge igualmente homens e mulheres, jovens e idosos”, disse Dr. Uip. O médico explicou as razões da abrangência dessa doença, a maioria comportamental: “os novos medicamentos para disfunção erétil têm aumentado a incidência da doença entre os idosos, e as relações sexuais sem proteção e o compartilhamento de seringas no uso de drogas injetáveis, nos jovens”, disse.

O médico também contou sobre a excelência no tratamento da doença no Brasil e sobre os bons resultados obtidos em Angola, especialmente na transmissão materno-fetal. “Para melhorarmos o cenário global, é preciso o envolvimento da iniciativa privada, dos governos e também a conscientização da população”, finalizou.

     
     
     

Página atualizada em 27/03/2009 às 15h33