13 de junho

Copa 2018: expectativa para um evento mundial

A partir de amanhã, a Rússia espera mais de 2 milhões de turistas para a Copa do Mundo, que finalizará em 15 de julho. Um acontecimento como esse movimenta todos os setores da economia e a expectativa é grande para receber o evento e toda sua magnitude. Nessa ocasião, a infraestrutura é muito importante para que tudo saia nos conformes, até os imprevistos.

De acordo com as informações noticiadas nos últimos meses, o país sede da Copa preparou-se muito bem para receber os visitantes, haja visto a Copa das Confederações 2017, que foi muito bem organizada e arrancou elogios de críticos e imprensa.

A coordenadora dos cursos de Tecnologia em Eventos, Gestão de Turismo e Hotelaria, Cintia Rolland, explica que “é muito importante o planejamento prévio, o trabalho em equipe e a organização no desenvolvimento de ações como essa”. Para ela, “o máximo de atenção com o visitante e a infraestrutura disponibilizada durante sua passagem pelo país são os pontos de encantamento, que poderá colocar o país na lista de próximos destinos desses viajantes”.

É fundamental que profissionais dos principais setores que movimentam a economia turística do país, como hotéis, restaurantes e guias turísticos, estejam preparados para recepcionar os ‘convidados’ da Copa do Mundo, e sejam hospitaleiros, para que transmitam uma boa impressão aos visitantes, e instiguem a vontade de retornar ao local, em momentos comuns.  A docente enfatiza a importância de profissionais capacitados e treinados para exercer funções em eventos desse porte. “Estudantes dos cursos ofertados no Complexo Educacional FMU | FIAM-FAAM, podem destacar-se como profissionais em eventos desse porte, pois possuem informações teóricas e práticas sobre os bastidores de como organizar atividades, cardápios e roteiros para ocasiões como a Copa do Mundo”.

Saiba mais sobreos cursos de GastronomiaEventosGestão Turismo, Hotelaria, da FMU, e inscreva-se no vestibular, por aqui.