14/09/2009

8ª Ação de Saúde da FMU no Ibirapuera atrai mais de 5 mil pessoas

8ª Ação de Saúde da FMU no Ibirapuera atrai mais de 5 mil pessoas

O Parque do Ibirapuera, em São Paulo, sempre foi sinônimo de qualidade de vida para os cidadãos, que usam o espaço para caminhadas, corridas, andar de bicicleta, namorar e curtir o dia em meio ao ar fresco e muito verde. Porém, o fim de semana dos dias 12 e 13 de setembro ampliou essa idéia de qualidade. O parque foi palco da 8ª Ação de Saúde da FMU, realizada pelo Complexo Educacional FMU em parceria com o Instituto Emílio Ribas, o Instituto Butantan e o Instituto Adolfo Lutz. O evento tratou de um dos temas mais significativos da atualidade: a Influenza A (H1N1), conhecida popularmente como gripe suína. 

Na marquise do Ibirapuera funcionaram dez estações de trabalho, que auxiliaram as mais de 5 mil pessoas que passaram pelo local a entender desde o papel da educação no combate à crise até questões mais técnicas sobre mutação do vírus; em que estágio se encontra a epidemia  e quais as perspectivas para seu controle; e as formas de prevenção e de tratamento da doença.

Além das estações, houve distribuição de cartilhas educativas e a realização de palestras com autoridades, médicos especialistas e jornalistas sobre a contribuição da educação e o papel da mídia no combate à epidemia.

Entre as autoridades presentes, destacam-se o governador de São Paulo, José Serra; o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab; o Prof. Dr. David Uip, diretor do Instituto Emílio Ribas; a Dra. Nise Yamaguch, que representou o ministro da Saúde, José Gomes Temporão; o secretário estadual de Saúde de São Paulo, Luiz Roberto Barradas Barata; e o Ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal.

Também participaram da Ação o Prof. Edevaldo Alves da Silva, presidente do Complexo Educacional FMU; a Dra. Labibi Elias Alves da Silva, reitora da Instituição; o Dr. Edson Elias Alves da Silva, pró-reitor de Extensão Comunitária; o Dr. Eduardo Alves da Silva, pró-reitor de Graduação; o Prof. Dr. Arthur Roquete de Macedo, presidente do Instituto Metropolitano da Saúde (IMS/FMU); Arthur Sperandéo, vice-reitor; e Sandoval Nassa, diretor de Marketing. 

O evento contou ainda com uma mesa-redonda, que discutiu a cobertura e o papel da imprensa em relação à gripe A no País. Participaram das discussões os jornalistas Boris Casoy (Bandeirantes); Chico Pinheiro (Globo); José Roberto Burnier (Globo) e Marcelo Leite (Folha de S. Paulo).

Em carta enviada ao Prof. Edevaldo, o Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, elogiou a iniciativa da FMU. “Envio os cumprimentos à louvável iniciativa de realizar a 8ª Ação de Saúde. Gostaria igualmente de ressaltar a grande importância e o elevado grau de competência de instituições como o Adolfo Lutz, o Butantan e o Emílio Ribas”, mencionou Lula.

“A questão do enfrentamento da pandemia não se restringe apenas à esfera governamental, mas depende, sobretudo, do envolvimento da iniciativa privada. E esse foi o papel da FMU nesta ação”, comentou o Prof. Roquete. O secretário Barradas Barata afirmou que, a partir de janeiro de 2010, o Instituto Butantan começará a produção em escala da vacina contra o vírus H1N1. “O Butantan está querendo adicionar à vacina uma substância adjuvante que permitiria usá-la em uma só dose. Isso tornaria possível vacinar o dobro de pessoas. Esses testes começarão em outubro”, disse.

Para o infectologista David Uip, é preciso iniciar imediatamente as discussões para o combate a essa gripe no próximo inverno, já que o vírus H1N1 deverá voltar com força total com a chegada do frio. “No começo do ano, já teremos uma dimensão do que vai acontecer com os resultados obtidos no hemisfério norte, que já estará no inverno. Tudo o que temos de fazer é preparar as equipes para lidar com os casos graves. A vantagem que teremos em relação a este ano é já conhecer a doença. Resta saber também se serão necessárias uma ou duas doses para imunizar as pessoas”, ressaltou Uip.

O governador de São Paulo, José Serra, informou que Estado e União investiram cerca de R$ 70 milhões para a fabricação de vacinas, e que o planejamento para o período do inverno do ano que vem é adequado. “A luta será maior ou igual à deste ano, mas estaremos em melhores condições para enfrentar a gripe, e, acreditamos, com menos histeria. Sabemos que a gripe suína é tão perigosa quanto a gripe normal, mas só os médicos acreditam nisso”, disse, provocando risos da platéia, composta em sua maioria por médicos e estudantes de medicina.

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, também relatou as ações municipais no combate à doença e elogiou a FMU pela iniciativa. “O evento realizado pela FMU é prova de que a Instituição se preocupa com a qualidade de vida do paulista e reflete o seu alto compromisso com questões fundamentais para o cidadão”, apontou. “A Prefeitura é parceira da FMU no evento”, completou.  

 

O governador de São Paulo, José Serra, nas estações de trabalho

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, concedendo entrevista para Helô Pinheiro

Prof. Dr. Arthur Roquete de Macedo, em entrevista para a Globo

Dra. Monica Serra, em entrevista para a HCTV

Prof. Dr. David Uip, diretor do Instituto Emílio Ribas

Prof. Luciano Natividade com alunas de Odontologia

Os jornalistas Chico Pinheiro; Boris Casoy; e José Roberto Burnier

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal; a apresentadora Helô Pinheiro; e a reitora Labibi Elias Alves da Silva

Marcelo Leite (Folha de S. Paulo); Prof. Edevaldo Alves da Silva; Boris Casoy; e o Prof. Dr. Arthur Roquete de Macedo

Estande do Instituto Adolfo Lutz

Estande do Instituto de Infectologia Emílio Ribas

Primeira estação de trabalho no Parque do Ibirapuera

Prof. Edevaldo Alves da Silva, presidente da FMU, recebendo homenagem do Santander Universidades

Professor Edevaldo Alves da Silva; o ministro Marco Aurélio Mello; e a Dra. Monica Serra

A chegada do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, ao Ibirapuera

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, concedendo autógrafo

Professor Flávio Delmanto, coordenador do curso de Educação Física; Sandoval Nassa, diretor de Marketing; Arthur Sperandéo, vice-reitor da FMU; e Dr. Eduardo Alves da Silva, pró-reitor da FMU

A aluna Daiane dos Santos posando para fotos

Dr. Edson Alves da Silva, pró-reitor da FMU, recebendo convidado da Ação de Saúde

O governador José Serra, em discurso, com demais autoridades

O governador José Serra, sendo atendido por uma aluna da FMU

Dr. David Uip, Diretor do Instituto Emílio Ribas; o jornalista Boris Casoy; Sandoval Nassa, Diretor de Marketing da FMU; e Thiago Nassa, coordenador de Marketing da FMU

Dr. Luiz Roberto Barradas Barata, secretário estadual de Saúde de São Paulo; Prof. Edevaldo Alves da Silva, presidente da FMU; Dr. Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo; Dr. José Serra, governador do Estado de São Paulo; ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal; Dra. Labibi Elias Alves da Silva; reitora da FMU; e Dra. Monica Serra, assessora pedagógica da FMU 


Prof. Edevaldo Alves da Silva; Profa. Norminha; Prof. Dr. Arthur Roquete de Macedo; e Dr. Marco Aurélio Mello

O governador José Serra

Auditório do MAM

Dra. Labibi Elias Alves da Silva, reitora da FMU

Estação de trabalho da Musicoterapia

Estação de trabalho da Musicoterapia

Estação de trabalho da Musicoterapia

Estação de trabalho da Musicoterapia

Alunos e professores da Biomedicina

Estandes da Ação de Saúde

Estandes da Ação de Saúde

Estandes da Ação de Saúde

Estandes da Ação de Saúde

Mesa-redonda com a imprensa

O jornalista Burnier

Os jornalistas Marcelo Leite; Chico Pinheiro; e Boris Casoy

População em atendimento no Parque

O presidente do IMS, Prof. Dr. Arthur
Roquete de Macedo

O presidente do IMS, Prof. Dr. Arthur
Roquete de Macedo

O prefeito Gilberto Kassab

O prefeito Gilberto Kassab chegando no Ibirapuera
 


Página atualizada em 14/09/2009 às 14h48