3 de Fevereiro

Mestrado em Direito da FMU estuda criação de convênio com instituição portuguesa

Mestrado em Direito da FMU estuda criação de convênio com instituição portuguesa

  

O Mestrado em Direito do Complexo Educacional FMU começa o ano de 2010 com força total. A Instituição está em vias de estabelecer um importante convênio internacional de cooperação acadêmico-científico.  

Em ofício enviado pelo Instituto Politécnico de Tomar, de Portugal (veja abaixo), ao Prof. Dr. Celso Fiorillo, coordenador do Mestrado da FMU, a instituição lusitana propõe ao Complexo FMU a criação de um acordo bilateral para o desenvolvimento de pesquisa e intercâmbio de docentes.

Pela proposta, assinada pelo próprio Gabinete de Relações Internacionais do Instituto Tomar, o convênio deve envolver os Mestrados da área de Patrimônio do Instituto Politécnico de Tomar em Portugal (Arqueologia, Conservação, Turismo Cultural) e o Programa de Mestrado em Direito da Sociedade da Informação da FMU.  

De acordo com o Prof. Fiorillo, a criação desse acordo reforça ainda mais a visibilidade do Mestrado FMU não só no Brasil, mas também em países do continente europeu – tradicional pólo de desenvolvimento de pesquisas acadêmicas no mundo.  

“Além de atender os objetivos fixados pela CAPES, o convênio é uma excelente oportunidade para que mestrandos e docentes da FMU possam expandir seus horizontes de aprimoramento acadêmico-científico”, comentou Fiorillo.

A relação entre o coordenador do Mestrado da FMU e Portugal não se resume apenas ao convênio. O Prof. Fiorillo é palestrante em diversos congressos por aquele país, tendo compromissos firmados para o próximo mês de março, a saber:   

  • Dia 05 de março de 2010 – Instituto Politécnico de Tomar(Mação/Portugal), com a apresentação “Tutela jurídica do meio ambiente cultural no direito ambiental constitucional brasileiro”
  • Dia 06 de março de 2010 – Instituto Politécnico de Tomar(Mação/Portugal), com a palestra “Direito ao Patrimônio como Direito Fundamental: que prioridades?”
  • Dia 08 de março de 2010 – Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Beja (Portugal) – com o tema “Tutela jurídica do ambiente de trabalho no Brasil”
  • Dia 10 de março de 2010 – Instituto de Ciências Jurídico-Políticas da Faculdade de Direito de Lisboa, a convite do Prof. Dr. Jorge Miranda, discorrendo sobre “Direito ao Patrimônio Cultural em face do Direito Ambiental Brasileiro”