3 de novembro

FMU é sede de debate sobre olimpíadas

FMU é sede de debate sobre olimpíadas


Nos dias 31 de outubro e 1º de novembro, foi realizado o 1º Fórum de Desenvolvimento do Esporte Olímpico no Brasil, iniciativa do Ministério do Esporte, que teve apoio do Complexo Educacional FMU. O evento, que ocorreu no Campus da Liberdade, contou com a participação de diversas autoridades, como o Secretário Especial do Ministério do Esporte, Ricardo Leyser, e de atletas e paraatletas medalhistas olímpicos, como Carol Albuquerque e Daniel Dias.

Durante o evento foi discutida a participação brasileira nas Olimpíadas de Pequim, as perspectivas para os próximos jogos e a candidatura do Rio de Janeiro para sediar o evento em 2016. Para o Prof. Flavio Delmanto, coordenador do curso de Educação Física da FMU e presidente do CREFI-SP (Conselho Regional de Educação Física), o Fórum atendeu os anseios do ministério. “Nosso objetivo maior era debater as alterações sociais e econômicas decorrentes dos jogos, isto é, o legado que uma olimpíada pode deixar para o país sede”, comenta.

Em relação à candidatura do Brasil em 2016, muito se discutiu sobre a relação entre os investimentos necessários e o retorno para a sociedade. “A discussão vai muito além de nossos atletas conquistarem medalhas. As olimpíadas proporcionam uma transformação profunda na cultura e na infra-estrutura de um país”, ressalta o Demanto. Como exemplo, o Comitê Olímpico Brasileiro citou as grandes obras de infra-estrutura, que ao término dos jogos, podem ser transformadas em conjuntos habitacionais e museus.

Além dos investimentos por parte do governo, discutiu-se também o interesse da iniciativa privada. “O Brasil ainda vai apresentar suas propostas para 2016, mas certamente teremos o envolvimento total de economistas, advogados e engenheiros, entre outros. Um evento desse porte movimenta todas as áreas da economia, e não apenas o segmento esportivo”, finaliza o Professor.

Veja algumas imagens do evento.