18 de Janeiro

CIEE oferece quase mil vagas aos alunos da FMU

CIEE oferece quase mil vagas aos alunos da FMU


Candidatos à espera da prova

O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e a Prefeitura Municipal de São Paulo acabam de disponibilizar 980 vagas de estágio para alunos das mais diversas áreas oferecidas no Complexo Educacional FMU, tanto dos cursos de graduação quanto dos tecnológicos. Pela primeira vez na história do CIEE uma das etapas do processo de seleção está sendo realizada na própria instituição de ensino.

Para Eduardo de Oliveira, superintendente de operações do CIEE, a iniciativa visa aproximar o Centro das faculdades e dos próprios alunos. “Vimos ao encontro dos estudantes desta conceituada universidade”, disse Eduardo. Ele acredita que o fato de parte do processo ser realizado na FMU ajuda a atrair os candidatos mais interessados, especialmente neste período de férias.

Hoje, a Prefeitura de São Paulo é o maior cliente do CIEE, que oferece ao todo mais de 4 mil vagas só na capital. Eduardo explica que trabalhar em um órgão público pode ser uma experiência importante para os candidatos. “Atuar em uma das 24 secretarias municipais de uma das maiores cidades do mundo não apenas prepara os jovens para o mercado profissional, como os capacita para prestar concurso público”, explicou.

As vagas oferecidas são para estágios de 4 horas, com bolsa de cerca de R$ 485,00 para os cursos de graduação, além de auxílio-transporte. As provas da primeira etapa começaram na manhã da segunda-feira (18/01) e acontecerão diariamente em dois períodos, manhã e noite, até a próxima quarta-feira (20/01).

Na primeira prova, o vice-reitor do Complexo Educacional FMU, professor Arthur Sperandéo, falou aos alunos sobre a importância do estágio e do acordo entre as instituições. “É fundamental que vocês vivenciem, além da formação prática e teórica aqui na FMU, o mercado de trabalho. Só assim vocês estarão prontos para se tornar grandes profissionais. Daí a relevância do Banco Metropolitano de Empregos (BME), uma ferramenta que visa ajudá-los sistematicamente a ingressar no mercado de trabalho”, ressaltou.

Eduardo de Oliveira enfatizou aos alunos a importância da manutenção de um cadastro sempre atualizado junto ao CIEE: “As oportunidades que surgem são inúmeras e o cadastro é a principal ferramenta para que nós do CIEE possamos direcionar os candidatos às vagas”.


Os executivos do CIEE Eduardo de
Oliveira e Francisco Assis Melo 

Professor Arthur Sperandéo e
Eduardo de Oliveira 

Elizabeth Brandão Franco, do CIEE,
e Janaína Martins, do BME da FMU