20 de Março

“A moeda é uma crença”, diz Delfim Netto

“A moeda é uma crença”, diz Delfim Netto

No dia 18 de março, o economista e político Delfim Netto participou de um debate com os alunos do Complexo Educacional FMU sobre os desafios e as oportunidades geradas para o Brasil pela crise econômica mundial. Delfim foi enfático ao dizer que a atual crise é mais complicada do que as anteriores, pois teve início filosófico e moral. “A moeda é uma crença, as pessoas têm de acreditar no papel. No mais, o mercado se corrige”, disse.

Sobre o Brasil, o economista acredita que o País estava mais bem preparado para esta crise. “Por isso, para aqueles que tiverem ousadia e competência, a crise poderá se transformar em uma boa oportunidade”, finalizou o economista.